Partilhar

Cova Funda

Em stock
SKU
ALV_9
12,90 €

Vindima manual para caixas de 18 kg, desengace, esmagamento suave, decantação estática, fermentação alcóolica entre 18ºC a 22 ºC com leveduras indígenas, seguido de estágio em barricas de carvalho francês usadas durante 24 meses.

Apresenta uma cor amarela-dourado, nariz complexo com aromas de flor de laranjeira, camomila, fruta de polpa branca e notas fumadas. Na boca tem corpo médio, boa frescura, é complexo, boa persistência de sabores e final longo.

Ótimo acompanhamento para pratos de peixe no forno e queijos pasta mole. Recomenda-se o seu consumo entre 10 e 12º.

Mais informações
Tipologia Vinho Branco
País Portugal
Região Tejo
Estilo Branco equilibrado e sedoso
Casta Arinto, Bical, Fernão Pires/Maria Gomes, Malvasia Fina, Vinhas velhas, Rabo de Ovelha
Ano 2021
Capacidade 75cl
Enólogo João Nunes
Teor alcóolico 13,5%
Acidez
Doçura
Corpo
Intensidade aromática
Harmonização sugerida Queijos, Marisco, Peixes magros grelhados, Peixes gordos grelhados
  • Compre 3 por 12,26 € cada e poupe 5%
  • Compre 6 por 11,61 € cada e poupe 10%

Vindima manual para caixas de 18 kg, desengace, esmagamento suave, decantação estática, fermentação alcóolica entre 18ºC a 22 ºC com leveduras indígenas, seguido de estágio em barricas de carvalho francês usadas durante 24 meses.

Apresenta uma cor amarela-dourado, nariz complexo com aromas de flor de laranjeira, camomila, fruta de polpa branca e notas fumadas. Na boca tem corpo médio, boa frescura, é complexo, boa persistência de sabores e final longo.

Ótimo acompanhamento para pratos de peixe no forno e queijos pasta mole. Recomenda-se o seu consumo entre 10 e 12º.

Sobre o produtor

Alveirão é o nome da adega biológica da família Faria Vieira. A localização das vinhas e da adega procurou respeitar a longínqua tradição da família, pelo que estão instalados em Chícharo, uma pequena aldeia pertencente à região vitivinícola do Tejo. As vinhas são representativas das preocupações com a natureza e os vinhos são produzidos com intervenção enológica mínima. Os solos brancos e calcários são pouco férteis e a produtividade menor. Os vinhos distinguem-se pelo respeito ao terroir onde nascem.